E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Edguy – São Paulo

16 de fevereiro de 2009 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags:

.: Local
São Paulo – Credicard Hall

.:Por
Amanda Rodrigues

.:Data
15/02/2009

edguy2009S6303629.jpg

Quase duas horas de show, e uma das melhores, senão a melhor apresentação no Brasil, Edguy mostrou a todos o quão é “do caralho”, e para todos que duvidaram do novo caminho da banda, agora já sabem que por mais que não seja o bom e velho power metal de sempre, temos uma banda que valoriza o antigo e nos vislumbra com o novo.

A empolgação dos integrantes era contagiante! Mesmo com a casa não tão cheia, como explicou o frontman pelas bandas que virão no Brasil (até Metallica ele disse que vinha O.O), eles fizeram questão de fazer o show, mesmo podendo sair no prejuízo.
Eram praticamente umas duas mil pessoas, todas sedentas por mais uma apresentação inebriante. Tobias se mostrou ainda mais contente com o resultado do seu trabalho, não faltando piadas e brincadeiras, via-se em seu rosto a satisfação de estar mais uma vez nas terras de cá.
A noite começou com “Dead or rock”, que não é mais Hard rock porque é impossível haha, acho que foi para se consolidar e mostrar que todas aquelas criticas eram banais! Em seguida, para não desacostumar, vêem com a pesada “Speedhovem”.

Para nossa surpresa, a próxima foi “Tears of a Mandrake” fazendo com que aqueles que já estavam achando que teriam um show só de musicas de hard rock se encantassem e ainda com um vocalista com chapéu de mago jogado pelo público!
Já na fúria dos clássicos eles nos mandam “Babylon”, fazendo o povo cantar junto num coral de empolgação! Em seguida, “The Pharaoh” alegrando os corações daqueles fãs mais conservadores do powermetal. Depois, “Ministry of saints” mostrando sua potência além cd e a boa e velha “Vain GlorY Opera” lubridiando os presentes.

Como toda banda de heavy metal, Edguy não foi diferente em fazer o solo de bateria, Felix nos deu uma porrada com a maravilhosa composição de “Piratas do Caribe”.
Voltando ao palco, “Pride of Creation”, considerada por muitos e por esta que vos escreve, a melhor música de “Tinnitus Sanctus”. O público não desapontou e cantou junto com a banda como se fossem um só!
Tobias, mais uma vez brincalhão, perguntou a todos se gostavam de Hammerfall, tendo sua resposta obvia, ele disse:
“Então tá, mas esta não é uma música do Hammerfall, é do Edguy” nos dando de presente mais uma das antigas, “The Headless Game”. Com um refrão de tom mais irônico “Let your Hammer Fall”.
Na música seguinte, ele vem com mais um tirada de sarro, perguntando se alguma mulher gostaria de transar com ele, a resposta foi mesclada com uns “Yes” e vaias e em seguida perguntou se algum homem gostaria de dormir com o Felix, e ainda disse “O Felix é muito gay, mas é um cara legal!”. Rindo, começa com a melosa e “levantadora de braços”, “Save me”.

Terminando a apresentação, a aclamada “Superheroes” é tocada, e Tobias nos garante que em todas as turnês retornará ao Brasil.
Como todos já sabiam, o bis viria em seguida, só que com mais uma brincadeira, dizendo: “Então…normalmente, quando saímos do palco, vocês fazem um barulhão para que a gente volte, mas, agora não foi assim, pelo jeito vocês não gostaram do show!? Vamos sair de novo e ver no que dá”. Não deu em outra, as pessoas começaram a berrar e a banda agradeceu com “Nine lives”.

Encerrando de verdade, Tobias dá mais uma sacaneada e diz que vai embarcar para a Argentina e gostaria de saber se éramos mais barulhentos que ele. Controlando a platéia, divide pra ver quem grita mais, fazendo “iês iês” e “ô-ô-ôs”.
Finalizando, “Lavatory Love Machine” e “King of Fools”, levando os presentes a loucura, num misto de empolgação e tristeza pelo fim do show.
Quem perdeu deve estar roendo as unhas, porque os Edguys nos deram de presente esta maravilhosa apresentação!

Confira as fotos:

[nggallery id=6]

Tobias Sammet – Vocal
Jens Ludwig – Guitarra
Dirk Sauer – Guitarra
Tobias Exxel – Baixo
Felix Bohnke – Bateria

Setlist:
Dead or rock
Speedhoven
Tears Of A Mandrake
Babylon
The Pharaoh
Ministry Of Saints
Vain Glory Opera
Solo de bateria
The Pride Of Creation
The Headless Game
Save Me
Superheroes

Bis:
Nine lives
Lavatory Love Machine
King Of Fools



Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net