E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Entrevista com Trever Keith do Face To Face

2 de julho de 2019 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags:

Prestes a retornar ao Brasil, Trever Keith, vocalista do Face To Face, bateu um papo com Guilherme Góes. Confira:

– Olá, Trever. É uma grande honra falar com você. O Face to Face é uma das bandas que mais admiro. No próximo mês, vocês irão começar mais uma turnê pela América Latina. Quais as expectativas sobre essa nova aventura? 

Trever: Nós esperamos que essa turnê seja bastante divertida.

 – Em 2016, o Face to Face esteve participando da We are one tour com Ignite, Much the Same e The Fullblast. Juntos, vocês realizaram shows em cinco cidades brasileiras, além de outros concertos em capitais de países da América Latina como Lima, Santiago e Buenos Aires. Como foi a experiência durante aquela turnê?

Trever: Foi incrível. Nos não conhecíamos o pessoal do Ignite antes dessa turnê. Somos amigos agora. Nós nos divertimos bastante.

 – Você tem algum momento memorável daquela turnê que mereça destaque?

Trever: Quando Zoli colocou fogo em um pedaço de papel, deixou cair e quase colocou fogo no quarto de hotel do Scott!

 – Agora, em 2019, o que podemos esperar de um show do Face to Face ao vivo? Os fãs deveriam esperar alguma novidade?

Trever: Vocês devem esperar para ver…

 – Dessa vez, o Face to Face irá dividir o Palco com o Strung out. Vocês já tocaram juntos anteriormente? 

Trever: Muitas vezes. Eles são velhos amigos.

 -Há alguma banda específica na qual  você mais gosta de tocar? Ou que ainda gostaria de dividir o palco? 

Trever: Não. Gostaria de tocar com The Clash, The Smiths, Elvis, Johnny Cash.

– Qual a sua opinião sobre o público brasileiro? Como tem sido o seu relacionamento com os fãs ao longo dos anos? 

Trever: São bastante apaixonados e divertidos. Sempre tivemos ótimos momentos tocando no Brasil. 

 – Esse será o terceiro show do Face to Face em um espaço de três anos. Qual o momento mais memorável que teve tocando em nosso país? 

Trever: Quando nós encerramos um festival patrocinado por uma companhia de energéticos. Eu esqueci o nome agora…

(Nota: Era o GAS festival em 2009, patrocinado pelo Guaraná Antártica.)

 – O Face to Face passou por muitas “eras” dentro da cena punk rock/hardcore. O que te move para manter-se conectado com a música, cultura e a comunidade?

Trever: Porque isso é algo real e autêntico. 

– Você poderia recomendar alguma banda interessante que anda acompanhando? 

Trever: Western Settings 

– Trever, obrigado por essa oportunidade. Vemos-nos em julho. Por favor, diga algo para nossos leitores. 

Trever: Algo para nossos leitores! (haha).



Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net