E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Kool Metal Fest

25 de setembro de 2011 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags: , , , , , ,

.:Bandas
Ratos de Porão, Krisiun, Noala, Hutt, Bandanos, Carahter e Possuídos pelo Cão

.: Data e local
Espaço Victory – São Paulo/SP – 24/09/2011

.: Resenha, fotos e vídeo
Flavio Santiago

Em tempos em que todas as atenções estão voltadas ao festival Rock in Rio, tivemos a segunda edição do festival Kool Metal Fest, que em sua primeira edição contou com as bandas internacionais Suffocation e Napalm Death, desta vez o festival optou por agregar apenas bandas nacionais tendo como headliners as consagradas bandas Ratos de Porão e Krisiun, além de Noala, Hutt, Bandanos, Carahter e Possuídos pelo Cão.

O público compareceu em grande número e provou mais uma vez que independente de grandes festivais é possível fazer eventos mais modestos, mas com boa qualidade musical, contrariando assim festivais com interesses meramente comerciais e que tem como finalidade capitalizar e atender a interesse de minorias.

Voltando ao KMF, tivemos como primeira banda a subir ao palco o Noala, a banda se apresentou para um público pequeno, pois a maioria das pessoas ainda chegava ao local e muitos preferiram ficar do lado de fora da casa para o tradicional “esquenta”, antes dos shows principais, a sonoridade do Noala é calcada em grupos como Neurosis e Anathema, de característica mais densa, claro que nem sempre agrada a todos, mas impressionou os presentes.

O próximo grupo a se apresentar foi o Hutt, banda que fez um dos shows mais rápidos e barulhentos da noite, o grupo se apresentou no evento com sua formação em quarteto, já que eram um trio originalmente, e ainda contaram com a volta do baterista Marcelo. No show foram mostrados petardos dos álbuns “Sessão Descarrego” e de seu ultimo trabalho “Monstruário”, show com set rápido, mas empolgante.

Próximo show da noite foi do Bandanos, banda que fez um show em clima de revival, já que se encontravam em um período de hiato, o público até então em menor número nos shows anteriores, começou a adentrar o Espaço Victory e fez as honras da casa ao grupo, cantando e abrindo rodas de mosh bem ao estilo crossover da banda, esse com certeza foi um dos shows mais festejados da noite e mesmo com um curto tempo para apresentação devido as próximas atrações o grupo desempenhou bem o seu papel.

Agora é a vez do Carahter se apresentar para o público já cansado do KMF, digo isso pois os shows contaram com alguns atrasos e nessa hora já era possível avistar pessoas sentadas pelos cantos ou simplesmente vagando pela casa de shows, detalhes a parte a banda fez um show competente mas um pouco morno para a ocasião pois não foi capaz de empolgar e tiveram uma passagem desapercebida pelo festival.

Dentre as bandas ditas “secundarias” o Possuídos pelo Cão foi a ultima a se apresentar no festival, agora o público aparentemente mais motivado vai para a frente do palco e agita insanamente, para quem não conhece o P.P.C conta com membros das bandas DFC e Violator, ambas de Brasília, com uma boa sonoridade e discursos afiados Poney e Cia. ganharam o público do KoolMetal Fest.

Após uma maratona de bandas, o público visivelmente exausto guardava as ultimas forças para os shows finais e eis que foram recompensados com apresentações avassaladoras, a primeira foi da banda Ratos de Porão que completa nesse ano trinta anos de carreira, claro que tal sucesso e longevidade não são a toa, a banda faz um show matador com músicas como “Beber até morrer”, “Aids, Pop, Repressão”,” Crocodilla”, “Igreja Universal”,”Sofrer”, “Amazônia Nunca Mais”, “Crise Geral”, “Morte ao Rei”, além da cover de “Work for never” da banda Extreme Noise Terror.

Show rápido e rasteiro deixando os fãs com aquele gosto de “Quero mais”, e realmente poderia ter sido mais, enfim a essa altura do evento quase beirando as 3hs da manha, o público queria apenas o fim do evento e com grande estilo o Krisiun o fez com um apanhado de músicas de sua carreira tocaram sucessos como “Combustion Inferno”, Vicious Wrath, Kings of Killing”, “Hatred Inherit”, “Murderer”, o show ainda contou com material novo do álbum The Great Execution, dele foram tocadas as músicas “The Will to Potency” e “Sexta Extinção em Massa”, faixa que conta com a participação de João Gordo nos vocais que aliás repetiu essa participação ao vivo também.

Com “Black Force Domain” e “Kings of Killing” o Krisiun encerra a 2º edição do KoolMetal Fest, festival que nos faz acreditar que é possível apostar no underground e ainda fazer um evento com qualidade, claro que intercorrências podem acontecer, como de fato ocorreram , mas nada que tire o brilho do evento. Parabéns a organização.

.: Vídeo

Ratos de Porao – “Aids, Pop, Repressão” / “Crise Geral”



Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net