E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Resenha do Dropkick Murphys e Booze & Glory em São Paulo

1 de novembro de 2017 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags: ,

dropkick-murphys-e-booze-glory-sp-2017-01

.: Local e data
27/10/2017 – Tropical Butantã – São Paulo/SP

.: Resenha
Fábio Besouro

.: Fotos
Mais fotos em breve 😉

Um dos shows mais esperados do ano, Dropkick Murphys de volta ao Brasil depois do show inesquecível de 2014! Logo do lado de fora percebi algo que nunca tinha pensado: dentro do gênero o Dropkick é uma das bandas que mais junta as tribos. Estavam ali todos, quem curte punk, hc melódico ou New York!

Para abrir o show os ingleses Booze & Glory caíram como uma luva para esquentar a noite. Muitos vestiam camisetas da banda e cantavam suas principais músicas como “Blood From a Stone”, “Simple” e “Carry On”, mas mesmo quem não conhecia se surpreendeu com a banda! Eles falaram pouco, mas falaram bonito quando se posicionaram contra racismo, homofobia, sexismo e preconceitos no geral. O show foi redondo e mesmo em um ritmo mais lento que o DM foi perfeito para preparar os corações do que estava por vir.

Eis que sobem ao palco os donos da festa ao som de “The Lonesome Boatman” que abre o mais recente álbum 11 Short Stories of Pain & Glory, e de cara o coro se fez presente, assim como voltaria a ser mais tarde. Na sequência mandam “The Boys Are Back” para o Tropical Butantã vir abaixo! E daí para frente nem era mais um show, era uma festa com direito a pogos, bate-cabeças e chuvas de cerveja.

Em todas as 26 músicas executadas a galera cantava alto, mas o coro se fez mais presente em músicas como “Blood” e “Rose Tattoo” que chegavam a arrepiar pela força com que a barreira da língua era quebrada. Todo mundo cantava seus refrões!

O show ainda teve espaço para alguns covers como “I Fought the Law” (originalmente do The Crickets e eternizada pelo The Clash), “If the Kids Are United” do Sham 69, “You’ll Never Walk Alone” (Rodgers & Hammerstein) e fecharam a noite com “Halloween” do Misfits já com o público invadindo o palco!

Pontos altos foram clássicos como “I’m Shipping Up to Boston”, “Johnny, I Hardly Knew Ya”, “The Warrior’s Code” e mais clássicos ainda no mix de “Barroom Hero / Do or Die / Never Alone / Boys on the Docks”.

É difícil dizer que este foi o melhor show do ano, já que compete com a primeira vindo do Rancid ao país. Mas está lado a lado. Dropkick Murphys fez um show único, que une todos em uma grande festa memorável!

Confira o setlist completo do Dropkick Murphys:

The Lonesome Boatman
The Boys Are Back
I Had a Hat
Rebels with a Cause
Sunshine Highway
The Warrior’s Code
Johnny, I Hardly Knew Ya
Blood
Prisoner’s Song
I Fought the Law (The Crickets cover)
Paying My Way
Famous for Nothing
First Class Loser
Citizen C.I.A.
God Willing
Barroom Hero / Do or Die / Never Alone / Boys on the Docks
You’ll Never Walk Alone (Rodgers & Hammerstein cover)
Out of Our Heads
In the Streets of Boston
Rose Tattoo
Going Out In Style
I’m Shipping Up to Boston

Bis:
If the Kids Are United (Sham 69 cover)
The State of Massachusetts
Until the Next Time
Halloween (Misfits cover)



Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net