E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Resenha: Hardcore Gig com Pense, Zander, Gloria, Menores Atos, Chuva Negra e mais em São Paulo

25 de abril de 2018 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags: , , , , , , ,

Foto por Henrique Andrade

Resenha por Guilherme Góes. Fotos por Henrique Andrade e Dayane Mello.

Shows legais geram um final de semana legal. Afinal, não era para menos. A procura insana por ingressos na página do Facebook já demonstrava o que iria ser aquele grande evento.

No domingo passado (22/04/2018), aconteceu a primeira edição do Hardcore Gig – Vans festival. Esse foi o primeiro festival organizado pelo Hangar 110 após o término da casa. Além disso, o evento contou com a parceria da marca de calçados Vans.

O local escolhido para o evento simplesmente dispensa comentários. O Carioca Club já sediou dezenas de shows de importantes bandas nacionais e internacionais da cena Punk Rock/Hardcore, como o Millencolin, 7 Seconds, Rise Against, Comeback Kid, Hot Water music, The get up kids, Face to Face… Com certeza, o Carioca club é um lugar especial no coração dos “Punk Rockers” paulistas.

Foto por Henrique Andrade

A banda escolhida para a abertura do evento foi a Orgânico. Formada em 2015, a banda vem recebendo certa notoriedade na cena de São Paulo devido ao EP “Recomeçar”.

Antes de iniciar o set, o vocalista Aron disse que estava feliz por estar participando de um evento com tantas bandas que admira desde “moleque”. Infelizmente, a casa ainda estava vazia, com uma audiência bastante limitada. No entanto, isso não desanimou a banda. Com uma performance alinhada, tocaram músicas do EP “Recomeçar” (2017) e “Por todos nós” (2016). Os amigos presentes acompanharam músicas como “Maré”, “Palavras”, “Julho nunca foi tão frio” e “Perdido”. A banda encerrou o set com a música “Agonia”, que contou com uma participação forte dos amigos presentes na pista. Uma pena que a banda tocou para um público reduzido; eles fizeram uma grande performance.

Foto por Henrique Andrade

Logo em seguida, a Reviere subiu ao palco do Carioca Club. A banda Paulista formada em 2012 já é conhecida na cena underground da cidade e conta com um bom álbum full length no currículo. Com um pouco mais de público presente na casa, a galera agitou em músicas como “Turquesa”, “Labirinto”, “Entre nós” e “Solaris”. Embora o som do Reviere fosse diferente das outras bandas presentes no line up, o público presente demonstrou bastante respeito e atenção. Sem duvidas, isso foi um exemplo de que no underground existe espaço para todos.

Em seguida, foi a vez da banda Deb and the Mentals. A banda paulista liderada pela emblemática Deb Babilônia chama a atenção pela mistura punk rock com new wave. Apresentando músicas do ótimo trabalho Mess (2017) como “Bleeding”, “I’m ok” e “Alive”, a performance energética da banda prendeu a atenção do público. Ao término do set, foram ovacionados com palmas. Mais uma vez, o público demonstrou respeito pelas bandas com um som diferenciado.

Foto por Henrique Andrade

Na sequência do line up, foi a vez de uma das atrações mais esperadas do evento: Menores atos. A banda Carioca foi formada em 2002, mas só recebeu certa notoriedade após o lançamento do excelente álbum Animalia (2014). A banda mandou um set super alinhado, tocando as principais músicas do álbum anteriormente citado. O público reagiu forte, cantando alto palavra por palavra de músicas como “Animalia”, “Distância”, “Sereno” e “Sobre cafés e você”. A banda também apresentou uma música nova. O vocalista Cyro agradeceu a energia do público, e disse que a banda irá retornar à São Paulo em breve para o lançamento de um novo trabalho.

Foto por Henrique Andrade

Já com a casa lotada, foi a vez dos veteranos do Chuva Negra. A tradicional banda paulista formada em 2010 mandou um set com as principais músicas dos álbuns Terapia (2011) e Meio termo (2014). Os destaques da apresentação foram a participação do vocalista Aron (Orgânico) na música “Refém do ontem” e a invasão de garotas na música “Faça Você Mesma”. Grande show, com o público reagindo de forma insana no stage dive e no mosh!

Foto por Henrique Andrade

Após uma pausa para cerveja, foi a vez do Zander mandar aquela brasa no meio do salão! A tradicional banda carioca formada em 2009 mandou um set incansável e insano, com o seu público fiel “pogando” e dançando ao som de hinos como “Motim”, “Humaitá”, “Auto falante”, “Bastian contra o nada” e “Depois da enchente”. O destaque da apresentação foi a participação do vocalista Cyro na música “Dezesseis”. Zander já é uma entidade entre os fãs de Hardcore nacional; uma banda acima da média.

Foto por Dayane Mello

Após o set matador do Zander, foi a vez da banda Gloria. Os velhos conhecidos do público fizeram um show brutal, com muita participação do público no mosh. O setlist foi composto por músicas dos álbuns Anemia (2009) e Renascido (2012). A banda também apresentou a música “Deixa eu viver mais”, que irá fazer parte do novo trabalho do grupo.

Foto por Dayane Mello

Fechando o festival, os mineiros do Pense subiram ao palco do Carioca Club. A banda formada em 2007 na cidade de Belo Horizonte saiu do completo anonimato para se tornar um dos principais nomes da cena Hardcore nacional. Abrindo o show com a música “Revitalizar”, a principal atração do festival levou o público a loucura! O Carioca Club se tornou um pandemônio ao som de músicas como “Amigos valem mais do que asfalto”, “Gota a gota”, “Aponte para o espelho”, “Andando sobre pedras” e “Maquina do tempo”. O show contou com diversos desabafos do vocalista Lucas Guerra em relação a situação política e social do país. Ao término da apresentação, rolou uma invasão de palco durante a música “Expansão de consciência”, fechando com classe o evento.

Foto por Dayane Mello

O Hardcore Gig Vans festival foi um evento matador! Grande oportunidade para assistir inúmeras bandas de qualidade. O público compareceu em grande número, deixando claro que a cena underground nacional continua viva e forte!

Confira a galeria de fotos:



Um comentário para “Resenha: Hardcore Gig com Pense, Zander, Gloria, Menores Atos, Chuva Negra e mais em São Paulo”

  1. Rudá disse:

    Que massa a cobertura! Realmente tocar e ver essas bandas foi um role epico! ❤️

Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net