E-zine - Punk / Hardcore / Rock / Metal

Solid Music: Entrevistamos Gustavo Simarro, sobre os bastidores da produtora

1 de abril de 2017 | Publicado por: Fabio Martiniano

Tags: , , ,

solid music

Batemos um papo com Gustavo Simarro, manda-chuva da Solid Music, produtora que tem trazido queridas bandas para o Brasil e América Latina. Falamos sobre os bastidores e o festival We Are One. Confira:

Como a Solid começou? Quais foram os primeiros shows organizados?

Antes de mais nada muito obrigado pelo espaço Fábio. Começou em 2010 dai ficamos 3 anos parados, porem somente em 2014 quando a gente começou a fazer as tours eu e o Lucas (meu irmão) que a coisa ficou mais profissional e seria. O primeiro show foi o Close Your Eyes (USA), logo apos o Mute (CAN), em 2014.

O brasileiro sempre sente falta de festivais que tragam várias bandas que amamos. Podemos esperar que o festival We Are One seja uma tradição anual?

Essa e a intensão, fazer com que todo ano role o WA1, é difícil fazer com que todas as bandas tenham tempo livre pra vir juntas, mas esta rolando então estamos felizes!

Existe algum molde de festival gringo em que se inspirou para criar o We Are One?

Não necessariamente festival, mesmo porque os festivais gringos tem 30-40 bandas, eu diria que as tours gringas são uma inspiração, o fato de ter 5 bandas fazendo um continente juntas, e quase meio que como rola na Europa. Esse ano teremos 5 bandas.

We are one - 37 - Carioca Club dia 27 de fevereiro de 2016Lagwagon na primeira edição do festival We Are One em 2016

O que podemos esperar da edição 2017? Quando as bandas serão reveladas?

O valor do ingresso vai ser mais barato que o ano passado (dólar abaixou, ingresso barateou), terão ingressos de 70 reais (o mais barato)! Esse ano terá a opção combo que dá a escolha de compra do ingresso com camiseta adesivo pôster etc. Teremos Porto Alegre na rota, e San Jose na Costa Rica. O line up completo sai no dia 4 de abril.

Alguma banda pode ser revelada? Alguma dica?

Rsrsrs, ainda não! Mas serão três bandas Norte Americanas, uma Canadense (muito boa) e uma Australiana.

Sobre os bastidores das negociações com as bandas. É muito complicado conciliar a agenda de várias bandas gringas? Quais outras dificuldades para trazer as bandas de tão longe?

Requer tempo e bastante paciência, a prova foi a gente mudar a data do WA1, em 2016 a gente fez em Fevereiro, e agora faremos em Outubro. O line up de 2017 mudou umas 3 vezes, devido a datas, disponibilidade, valores e etc.

Quais os projetos futuros? Teremos mais shows revelados para este ano?

Sim, ainda teremos uma tour em julho. Três entre agosto e setembro.
E já estamos trabalhando no line up do próximo WA1.

Vocês conseguiram trazer ano passado o Descendents para o Brasil. Uma banda que em toda sua carreira não havia visitado o país e a América Latina. Como foi essa negociação, como surgiu a oportunidade? Vocês já estavam correndo atrás?

Na verdade foi uma longa espera, mas já era algo que a gente queria antes de anunciar o primeiro WEAREONE, mesmo porque o booking do Lagwagon e Descendentes são o mesmo. A oportunidade surgiu no principio da tour do Lagwagon, dai na metade já tínhamos tudo certo de forma verbal. Quatro dias após o último show da tour que foi em Bogotá na Colômbia, assinamos com eles.

descendents_2016_saopaulo_04Descendents em dezembro de 2016 em São Paulo

A maioria dos shows organizados, vocês pedem doações de alimentos. Quais organizações vocês ajudam? Como surgiu essa motivação?

No Show do Descendents 40% dos alimentos arrecadados foram pra Instituição de Moradores de Rua do Butantã. O Jonathans do Tropical Butantã sempre ajuda eles, e ele perguntou se dava pra ajudar no Descedents. Sem pensar duas vezes a gente topou na hora. O restante, e os alimentos da tarde de autógrafos, foram para duas Igrejas no Rudge Ramos em São Bernardo do Campo que a minha mãe frequenta. Ela que administra toda essa divisão, coordena o transporte de todo esse alimento. No Descendents tivemos quase 5 toneladas, foi muito legal! Parabéns pra galera que levou e contribuiu!
Na verdade a gente nunca vai mudar isso, e isso pra mim e uma parte importantíssima dos nossos shows. Eu estive em situações onde eu já fui ajudado, e sempre tive esse compromisso comigo de que eu sempre ajudaria de volta!

Muito obrigado pela entrevista! Deixo esse espaço para você mandar uma mensagem para os leitores.

Eu que agradeço o espaço mais uma vez! Fiquem de olho, dia 4 de abril anunciaremos o line up do WA1 esse ano vai ser PESADÍSSIMO! Teremos ingressos a 70 reais, ingresso combo, e estaremos em 4 cidades no Brasil, todos os ingressos são meia +1kg de alimento, então bora colar pois juntos WE ARE ONE !



Comentários sem login do Facebook

Facebook

Twitter

Instagram

Instagram

Besouros.net 2002 - 2015 | Contato: besouros@besouros.net