Maquinária Festival 2009, segundo dia

.: Bandas
Palco Myspace: Voltantes, Terceira Edição, Silicon Fly (Uruguai), Hori e Danko Jones
Palco Principal: Loaded, Dir En Grey, Panic At The Disco e Evanescence

.: Data
Dia 08.11 Domingo – Segundo de dois dias de festival. Confira a resenha do primeiro dia aqui.

.: Local
Chacará do Jockey – São Paulo-SP

Segundo dia de Maquinária, menos transito, menos estresse para estacionar, porém o dia prometia mais chuva!

Este segundo dia vinha com um apelo mais comercial por conta do Evanescence, Panic at the Disco e até o Loaded por ter Duff McKagan ex-Guns n’ Roses e ex-Velvet Revolver, ah, e o Hori que faz parte da trilha sonora da novela-global-teen Malhação.

No palco Myspace as primeiras bandas eu não pude conferir, mas vi o show do Hori, que tem ali seu público cativo, tocaram uma música que estará na nova temporada de Malhação, e tocaram Song2 do Blur. Quem fechou as apresentação foi o Danko Jones, mas vou deixar pra falar depois!

duffs

Loaded foi a primeira banda a tocar no palco principal, além das músicas do mais recente álbum Sick a banda tocou vários covers, claro que Guns n Roses, com “So Fine” “Dust n’ Bones” e “It’s So Easy”. Ainda tocaram “Attitude” do Misfits e “New Rose” do Damned.

Quem veio na sequencia foi o inesperado Dir En Grey, digo inesperado porque é uma banda pouquíssimo conhecida aqui no Brasil. A banda japonesa muito popular no Japão vem ganhando o mundo, já que nos últimos álbuns trocou o idioma nativo pelo inglês. Os caras que começaram a banda mais para o lado do visual key, hoje é bem mais pesado, mais para o newmetal, ou até industrial. E o estilo era bem mais poser, bem grotesco, lá eles se apresentam vestidos até que bem normais.

direngrey2009

Notava-se alguns fãs, inclusive com camiseta da banda agitando bastante. O vocalista chegou e saiu sem falar um palavra com o público, e quem mais agitava era o baixista, com um baixo de cinco cordas, e uma saia (ou quilt, o que seja), tocava sempre com o baixo levantado, pulando e rodando. A banda fez um mix de sons novos e antigos do repertório mais pesado, vieram pra fazer barulho mesmo. Com um show curto para os fãs, que com certeza só pagaram para aquela apresentação!

A seguir uma das mais esperadas o Panic at the Disco, e junto uma chuva torrencial! Ai tinha que ser fã mesmo pra aguentar a chuva, e eu que não sou nada, corri pra um abrigo, fiquei vendo de longe mesmo! A banda veio com os únicos integrantes originais que sobraram, Brendon Urie no vocal e Spencer Smith na bateria, e com o palco customizado com o logo e um desenho bem legal de fundo.

panic2009

Os caras tocaram obviamente hits como “I Write Sins Not Tragedies” e “Mad As Rabbits”, e uma música nova que está na trilha sonora de Garota infernal (Jennifer´s Body) “New Perspective”. A galera tava agitando bastante, cantando e tal, inclusive Brendon uma hora falou, já se retificando previamente “Isso é verdade, esse é o melhor show que o Panic já fez!”… Ah meu, isso ai eu achei puxação de saco foda, mas beleza vai!

A chuva não acabou, mas era hora de Danko Jones no palco Myspace, bom ai foda-se a chuva, fui ver!

dankojones1

Quando os caras começaram, pronto, parecia que nem estava chovendo mais, os caras animaram demais as poucas pessoas que foram pra frente do palco. Isso comparado ao tanto de gente que estava lá, que estava na frente do outro palco sem nenhuma banda, mas só esperando o Evanescence… se fuderam, perderam o melhor show! Sem sombra de dúvida, os caras mandaram muito bem, e todo intervalo de música que o vocalista Danko Jones parava pra falar, era pra todo mundo morrer de rir, porque eles estavam putos de estar tocando naquele palco! “Esse palco aqui está ótimo, o Evanescence vai fazer um ótimo show lá, mas se a gente vier aqui de novo, vocês vão nos ver? E neste festival, vão nos ver? E vocês não vão querer que a gente esteja naquele palco?” dizia Danko apontando pro palco principal.

dankojones2

Tocando uma atrás da outra, várias sem intervalo para compensar os 40 minutos que lhes foram dados, fazia todo mundo pular ali na frente! “Agora a gente vai fazer o rock n´roll foder o cu de vocês, como se enfiasse um braço” dizia Danko. Tocaram “First Date”, “Code Of The Road”, “I Want You”, “Baby Hates Me”, “King Of Magazines” e muitas outras, aproveitaram bem o tempo! Infelizmente foi curto, e fiquei com vontade de ver um show dos caras mesmo, não dentro de um festival. Tomara que voltem!

Sem demorar um segundo ao acabar Danko Jones, começou a tocar Evanescence com “Going Under” no palco principal.

evanescence2009

Um hit atrás do outro, nada que os fãs, ou quem só conhecia a banda das rádios, não quisesse ouvir! Com certeza era o show mais esperado da noite. Palco bem preparado com o logo da banda ao fundo e Amy Lee toda colorida com sua roupa extravagante. Os fãs iam a loucura com cada música. Fizeram um bis com “My Immortal” a maior balada da banda, mas uma balada de peso.

Assim acaba o Maquinária, onde nos telões já prometiam a edição 2010. Não sei se agradou por completo todos os presentes, já que a mistura de bandas que é uma idéia legal, foi meio exagerada neste segundo dia, me deu a impressão que o primeiro dia agradou mais, ou pelo menos todo mundo curtiu umas duas bandas! Dou meus parabéns a organização, foi realmente muito boa, som ótimo e ainda a sincronização entre os palcos era perfeita, para nunca ficar entediado esperando. Que sirva de lição pra outros festivais!

Fotos oficiais do evento
Fotos do Dir en Grey e Danko Jones por Fábio Martiniano

Vai comprar algo na Amazon? Ajude o site usando nosso link: Amazon.com
Obrigado :)

2 comentários sobre “Maquinária Festival 2009, segundo dia

  1. Eu fui só pra ver o Evanescence, e eu tava na pista VIP, daí eu dei uma saidinha só pra ver Danko Jones, que foi MUUUITO foda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *