System of a Down parados

Não se assuste, mas o System of a Down vai ficar parado por um bom tempo.
Quem explicou tudo foi o guitarrista Daron Malakian, que garantiu que a banda não vai acabar.
“Eu sempre serei um integrante do System of a Down. Isso nunca vai mudar”, disse ele numa entrevista. “Não existe uma regra que diz que você deve fazer discos constantemente, como se tivesse que bater ponto, pra continuar sendo quem é. Nós queremos viver nossas vidas, porque isso [o trabalho da banda] realmente consome uma grande parte da vida, e às vezes você só quer parar e dar uma desacelerada. A gente começou sendo só uns caras numa banda, e de repente, todo mundo está pedindo autógrafos. Isso mexe com a cabeça”, desabafou o guitarrista.
Essa pausa vai começar no dia 14 de agosto, dia seguinte do encerramento do Ozzfest, que tem o System of a Down como atração principal em quase todas as paradas da turnê, tirando só os 10 shows que Ozzy Osbourne vai participar. Segundo Daron Malakian, se o SOAD estivesse se separando mesmo, os caras não teriam aceitado essa missão, já que eles estão bem nervosos com isso. Ele fez questão de deixar claro que essa não é a turnê de despedida do System, mas que a banda deve passar “alguns anos” sumida. Isso mesmo, anos.
“Algumas pessoas diriam que estamos nos separando, mas nós realmente não vemos assim. Sabe, até o U2 deu um tempo, e depois eles voltaram com uma nova sonoridade. Não estamos tentando seguir ninguém – isso é só um exemplo de uma banda que deu uma parada e depois voltou”, falou Daron.
Nesse período em que o System of a Down estiver congelado, o guitarrista pretende trabalhar num projeto pessoal – uma banda chamada Scars on Broadway – e talvez faça trilhas sonoras de filmes. O vocal Serj Tankian, sempre empenhado em causas sociais com sua ONG Axis of Justice, deve dar um gás no selo Serjical Strike e procurar novas bandas pra lançar no mercado. O baixista Shavo Odadjian já tem um projeto musical com os caras do Wu-Tang Clan, e quanto ao batera John Dolmayan, Daron não disse nada.
“Por 10 anos, tem sido [assim:] gravar um disco, planejar o próximo disco, planejar a próxima turnê, planejar isso, planejar aquilo. Sempre existem planos quanto ao System of a Down. Nossas vidas foram planejadas em torno do System. Nós queremos viver um pouco as nossas vidas. Sentimos que isso vai ser saudável pra longevidade do System”, concluiu o guitarrista.
(89fm)

Vai comprar algo na Amazon? Ajude o site usando nosso link: Amazon.com
Obrigado :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *